página principal Europa França Subindo na Notre-Dame de Paris

Subindo na Notre-Dame de Paris

Vamos começar a semana aqui no blog com viagem!

Na ultima ida a Paris, resolvi que queria muito fazer uma coisa: subir na Notre-Dame. Na primeira vez em que fui não tive oportunidade, afinal a cidade é imensa e cheia de coisas para fazer que resolvemos visitar a igreja no andar térreo somente. Mas saí de lá me prometendo que subiria na na próxima vez.

Como promessa é dívida, lá fomos eu e o Dre em direção ao topo de uma das catedrais mais famosas do mundo.

E conto aqui agora pra vocês como foi.

A visita para a catedral é grátis, e inclusive se pode assistir as missas que acontecem lá. Mas subir nas torres é opcional Рe pago. E mesmo assim, lota de gente que quer ver Paris lá de cima.

O que sempre se falou sobre subir na Catedral de Notre-Dame é sobre as filas gigantescas que se formam na lateral da igreja. Fomos preparados para o pior, e quando chegamos lá não tinha nem vinte pessoas na fila. Demos sorte, mas acho que foi por conta do frio e do tempo nublado (vantagens de se visitar cidades em fora de temporada).

Já na fila eles pedem para já separar o dinheiro da entrada Р8,50 euros para adultos; 5,50 para crianças e estudantes. E pedem para que as pessoas usem moedas, sempre que possível, para facilitar o troco.

Esperamos cerca de vinte minutos na fila, e então fomos autorizados a entrar para a bilheteria para comprar as entradas. E lá fomos nós.

Para comprar o ingresso você tem que subir alguns dos seus 400 degraus da igreja, em direção à loja de conveniência. Se você quiser algo dali, já compre, porque você não vai passar de novo, já que a descida é feita por outra saída.

Na igreja é proibido entrar com qualquer tipo de mala ou mochila grande. Bolsas e mochilas são permitidas. Meu conselho para você leitor é: leve água na sua bolsa. Ela será primordial para você no meio do caminho.

Meu outro grande conselho é: use os sapatos mais confortáveis que tiver. Além de serem muitos degraus a serem escalados eles são irregulares, por se tratar de uma construção de mais de oitocentos anos. As escadas são em espiral, em um corredor estreito. Evite olhar para o chão, ou você pode ficar tonto. Uma boa forma de se guiar é apoiando a mão direita na parede e ir seguindo escada acima.

Depois de algum tempo, você chega na primeira parte aberta aos visitantes, lá do alto. E é recompensador a vista que se tem de lá.

Quando voc√™ sai, d√° logo de cara com… Paris toda. Como a localiza√ß√£o da Notre-Dame √© bem central, a vista dali √© privilegiada. Mesmo com nuvens e um tempo cinza, voc√™ consegue ver o rio Sena e a Torre Eiffel, s√≥ para citar dois. Mas √© poss√≠vel voc√™ ver muitos outros ūüôā

As famosas Gárgulas da Notre-Dame merece a sua atenção também. Elas foram idealizadas por Viollet-le-Duc, e são todas diferentes umas das outras. E estão por toda parte, de diversas formas.

Nesse primeiro andar você também uma entrada que dá acesso ao sino da Notre-Dame e onde você também pode ver a parte de dentro da estrutura da torre. Gente, impossível não se sentir o Corcunda de Notre-Dame, lembrando do filme da Disney! ahaha A entrada da área do sino é feito através de uma porta pequena de madeira (é da qual o Dre está saindo na foto), portanto cuidado para não bater nenhuma parte do corpo.


Depois de visitarmos o sino, ter tirado muitas fotos e visto todas as gárgulas, nos dirigimos à saída.

A descida foi pior que a subida, acreditem em mim. Voc√™ sobe pela torre direita e desce pela esquerda, e a estrutura de ambas √© igual – leia-se espiralada e com degraus irregulares. Acho que fiquei com tanto medo de trope√ßar e cair que volta e meia olhava para o ch√£o, e claro que fiquei tonta. O que me consolou √© que n√£o fui a √ļnica que deu uma paradinha estrat√©gica para se recuperar na descida ūüėČ

Adoramos a experiência, e repetiria num dia de sol, para ver uma outra Paris. Aliás, essa é a magia de Paris Рcada dia é uma cidade diferente. Acho que por isso todo mundo se apaixona por lá!

Veja aqui todos os posts de Paris

Se animou?

Cathédrale Notre-Dame de Paris
Onde: 6 Parvis Notre-Dame, Place du Parvis Notre-Dame – Paris
Horários: das 10h às 18h
Preço: 8,50 euros para adultos, 5,50 para crianças e estudantes (menores de 26 anos).
Mais: Site Oficial e Facebook.

8 Coment√°rios

  1. Fernando Teles

    setembro 17, 2015 em 4:09 pm

    Oi tudo bem>
    Eu consigo comprar a entrada da Catedral de NOTRE-DAME apenas no local ou posso comprar pela internet?

    grato

    Responder

    • Daniele Polis

      setembro 29, 2015 em 12:25 am

      Ola, Fernando, tudo bem?
      Você consegue comprar só na porta mesmo. Mas não tem quase fila, então é super tranquilo!rs

      De nada ūüôā

      Responder

  2. Amanda Fernandes

    outubro 22, 2015 em 12:20 pm

    Que sonho Dani! Além de subir 400 degraus, ver as gárgulas de pertinho e ainda contemplar esta vista espetacular. Já me apaixonei.

    Responder

    • Daniele Polis

      outubro 26, 2015 em 10:39 am

      Tem que ir e se apaixonar! √Č demais <3
      Cansa, mas com certeza é uma das melhores vistas de Paris. Me senti no Corcunda de NotreDame! ahaha

      Responder

  3. Pamela Campos

    outubro 23, 2015 em 4:16 pm

    Dani, que fotos lindas! E que vista da cidade que a Catedral tem, maravilhosa. Bom saber que preciso evitar de olhar pra baixo e que a descida é feita por outra saída e não passa mais pela loja de conveniência. Adorei o post, me inspirei a subir esses 400 degraus quando voltar a Paris. Beijo

    Responder

    • Daniele Polis

      outubro 26, 2015 em 10:43 am

      Pam, inspirada a subir √© mesmo importante! ahaha Porque f√°cil n√£o √©, mas √© recompensador ūüôā Quando for mostre as fotos <3 Beijos

      Responder

  4. Fernanda Scafi

    outubro 23, 2015 em 5:00 pm

    Eu subi a√≠!!! Mas faz mais de 10 anos hahaha √© uma √≥tima vista da cidade mesmo! A torre n√£o √© extremamente alta e nem t√£o baixinha e fica muuito bem localizada ent√£o d√° pra ver bastante coisa legal. Ano passado sofri horrores na torre da catedral de Frankfurt que tinha “s√≥” 300 e poucos degraus kkkkk

    Responder

    • Daniele Polis

      outubro 26, 2015 em 10:45 am

      Paris sempre é Paris, né? Amo! Dá pra ver bem mesmo, especialmente com céu limpo. E ver as gárgulas de pertinho é demais!
      Gostei do “s√≥” AhAHA

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *