página principal Dicas de Viagem Como Viajar de Ônibus com Animal de Estimação

Como Viajar de Ônibus com Animal de Estimação

Oi gente!

Hoje o assunto aqui é sobre duas grandes paixões minhas: viajar e animais. E o post de hoje é sobre como viajar de ônibus com animal de estimação.

viajar com cao

Eu sempre costumo viajar para São Paulo de carro, mas precisei uma vez ir de ônibus, e tinha levar a Skye (minha Daschund de oito meses!) comigo. E então veio a enxurrada de dúvidas: como levar o meu animal de estimação para viajar comigo?

Eu procurei relatos na internet inteira e não achei nada muito sólido, por isso resolvi deixar a minha experiência registrada aqui sobre viajar de ônibus com animal de estimação.

Antes de viajar

A primeira coisa que você precisa saber é que nem todas as companhias de ônibus autorizam a viagem de animais de estimação junto com passageiros, então antes de tudo verifique se a companhia desejada autoriza o embarque de animais. A segunda coisa que você precisa saber é que seu animal precisa de uma caixa especial para poder te acompanhar na parte de cima do ônibus. A terceira coisa que você precisa saber é que o peso do animal + casinha não pode ultrapassar 8kg.

Outra coisa super importante de saber também é que seu animal deve pagar passagem, como se fosse um passageiro regular.

A casinha não pode ser qualquer uma – ela tem que ter até 22cmx45cmx34cm, e nela tem que caber o animal em pé e ele tem que ter espaço para dar uma volta completa dentro dela – se você não merece viajar desconfortável, seu animal muito menos.

viajar com cao

Documentação necessária

Todo cachorro precisa de uma documentação para viajar, garantindo a saúde e o bem estar de todos os envolvidos.

  • Carteira de vacinação com todas as vacinas em dia;
  • Duas vias de um atestado do veterinário, informando a raça, peso, idade e condições de saúde do animal. Esse atestado é válido por 10 dias, e você consegue ver o modelo aqui. Esse atestado não pode ter a data anterior a 3 dias antes da viagem!

Nem pense em ir sem esses dois documentos (mais o seu, claro). O motorista confere tudo na hora do embarque Рa casinha, o atestado, a carteirinha de vacina̤̣o. Se voc̻ for ficar mais do que 10 dias no destino, lembre-se de pedir a carta da volta.

A viagem

A Skye já é acostumada a viajar e não dá muito trabalho, mas se seu animalzinho não for acostumado com carros e afins, cabe verificar com seu veterinário algum remédio que você pode dar para ele em caso de desconforto. Já demos para a Skye, em outras oportunidades, Dramin e funcionou bem – ela dormiu a viagem toda. Se você sabe que seu cachorro ou gato fica estressado durante a viagem, é legal pedir uma sugestão para o médico.

Dentro da casinha eu também coloquei dois brinquedinhos para a Skye se divertir no caminho. Como a viagem era curta (cerca de 1h30) e ela dormiu o tempo inteiro, eu dei comida e água quando chegamos em São Paulo. No começo da viagem eu dei um biscoitinho que ela ama e ela ficou lá tranquilinha 🙂

viajar com cao

No final a viagem foi bem tranquila, e a Skye chegou super bem. Ela não latiu na viagem, ficou confortável, e nenhum outro passageiro se incomodou com a presença dela. Só amor! ♥

Espero que este post tenha esclarecido todo mundo que tem dúvidas de como viajar com seu bichinho. Só quem é mãe de um filhote de quatro patas sabe o quanto prezamos pelo bem-estar e segurança do nosso filhote!

Seguindo essas dicas com certeza ele vai fazer uma boa viagem 😉

8 Comentários

  1. Denise Tonin

    outubro 20, 2015 em 3:55 pm

    Dani, essa de pagar a passagem eu não sabia! Já viajei com meu dog de avião algumas vezes, mas não foi tão tranquilo assim! hahahah Mas ele era diabólico! Adorei as dicas! Beijos

    Responder

    • Daniele Polis

      outubro 21, 2015 em 10:19 pm

      Eu fui pesquisar porque estamos muito querendo levar a Skye para viajar 🙂 Entao já vamos ter que preparar o bolso! ahaha
      Sério? Depois quero saber tudo como foi! Beijocas

      Responder

  2. Amanda Fernandes

    outubro 22, 2015 em 12:12 pm

    Daniiiii, preciso de um cachorro, só pra levar pra viajar comigo, abraçar e amar muito. Meus gatos jamaaaais aceitariam viajar, nem mesmo com Dramin, casinha confortável e vacinas em dia. hahahha. Adorei o post. A Skye é uma lindeza.

    Responder

    • Daniele Polis

      outubro 26, 2015 em 10:38 am

      Ahaha quando a Skye tiver filhinhos eu te dou um 😛 ahaha Ela é amor, ama viajar e não pode ver a chave do carro que fica louca pra sair. Estamos pensando em viajar com ela em breve de avião para ver a experiência.
      Obrigada <3 Beijos

      Responder

  3. Pamela Campos

    outubro 23, 2015 em 4:09 pm

    Dani, eu também não imaginava que precisava pagar passagem pra levar o animalzinho. Achei justo, como também achei justo as companhias de ônibus exigirem conforto pra eles. E me pareceu bem tranquilo. Ótimo post! Beijo

    Responder

    • Daniele Polis

      outubro 26, 2015 em 10:42 am

      É importante para que as pessoas se preparem também financeiramente. Eu também acho justo, porque é um espaço que ocupam.
      Foi bem tranquilo meeesmo, eu estava preocupada e deu tudo certo 🙂
      Beijo

      Responder

  4. Fernanda Scafi

    outubro 23, 2015 em 4:51 pm

    Já tinha visto posts sobre cachorro em avião, mas em ônibus, esse é o 1o! Essa história de pagar passagem sai mais caro pro dono mas aí o cachorro tem um “assento” pra ele, né? Ou tem que ir no chão nos pés do dono? Fico imaginando pq se a casinha for colocada no chão, vai ficar apertadíssimo, não?

    Responder

    • Daniele Polis

      outubro 26, 2015 em 10:44 am

      Oi, Fer!
      Que bom, conseguimos ajudar as pessoas então <3
      Não, ele paga a passagem e tem direito a um assento pra ele. Inclusive tem que colocar o cinto de segurança na casinha, para evitar que fique sambando. Então vai todo mundo confortável!

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *