p√°gina principal Disney World A Disney e os Pins – Sobre o Pin Trading

A Disney e os Pins – Sobre o Pin Trading

Hoje o post é muito divertido! Vamos falar um pouco sobre o pin trading?

O pin trading, ou a troca de pins, é uma prática muito comum em todo o complexo Disney. E é uma diversão só.

Voc√™s j√° leram aqui que eu trabalhei na DisneyWorld, certo? Mais precisamente eu trabalhava na Pin Traders, a √ļnica loja exclusivamente de pins na terra do Mickey.

pintrading-pintraders

Mas, vamos lá, começando pelo começo.

O que é um pin?

O pin é o que poderíamos de chamar no Brasil como um broche de metal. Existem centenas deles, alguns são de edição limitada e alguns exclusivos de cast members (funcionários). Para a gente, pode não parecer grande coisa, mas lá existe uma verdadeira cultura relacionada aos pins. Do lado da Pin Traders existiam pessoas que passavam horas com as suas pastas abarrotadas de pins que queriam trocar até ter determinada coleção completa.

Mas como funciona? Como posso trocar?

Bem, é muito mais fácil do que parece. Em diversas lojas do complexo você encontra as lanyards ou os starter kits, um pacote contendo uma lanyard e quatro pins. E claro, você encontra pins também para venda.

Em posse dos seus pins, é só começar a troca. Alguns pegam os que são bonitos, outros pegam o de determinado personagem que gostam, outros procuram os raros.

Muitos funcionários da Disney estão com as lanyards, essa espécie de cordão de pano onde você coloca os pins, cada uma com 12 pins cada. Alguns estão com uma espécie de placa de pins na altura da cintura.

Na Pin Traders existe também um mural de pins, que abre em horários aleatórios em dias aleatórios, onde a pessoa só pode trocar um pin com o painel. Olha só o drama!

pintrading

E então é só começar a troca!

Sempre comece uma troca com um Cast Member (funcion√°rios) com a frase:“May I see your pins?” (posso ver os seus pins?). Isso facilita o trabalho dele, j√° que esta n√£o √© a √ļnica fun√ß√£o deles, e eles podem estar muito focados no seu trabalho e n√£o ver que voc√™ est√° de olho nos pins dele.

Algumas regrinhas do Pin Trading:

  1. Só pode trocar um por um, ou seja, um pin por um pin;
  2. Você só pode trocar no máximo 2 pins por Cast Member;
  3. Preste aten√ß√£o nos cord√Ķes (lanyards): verde √© somente para crian√ßas at√© 12 anos; amarela √© para todas as idades;
  4. Você não pode trocar por um pin igual ao que o Cast Member já tenha em seu cordão;
  5. Os Cast Members s√£o obrigados a trocar pins
  6. √Č proibida a troca por que tenham nomes ou que estejam quebrados
  7. Somente s√£o aceiros pins que tenham a marca “Disney” atr√°s ou que sejam de parceiros de Orlando (Por ex: Rainforest Cafe Orlando, Planet Hollywood Orlando, etc). Pode ser de qualquer Disney.

Eu voltei de lá totalmente apaixonada por pins, tanto que voltei com uma coleção deles. Abaixo tem alguns dos meus modelos preferidos, lembrando que todos estes pins são de 2005 e 2006.

pintrading-coleção
Acho que deu pra perceber o quanto eu gosto da Ariel, né?

O mais legal é que muitos pins levam histórias. O castelo da Tokyo Disneyland eu ganhei de um menino japonês que ficou feliz porque consegui trocar algumas palavras com ele em japonês. O da Disneyland California eu ganhei de um dos senhores que ficavam do lado de fora da loja, quando eu fui me despedir dele (acabamos virando bons amigos!). O da bandeira do Brasil eu ganhei do meu gerente. Ah, esse pin da bandeira do Brasil era raridade em 2005/2006 (sério, eu tive esconder porque queriam pegar de mim!), hoje ele voltou para as lojas.

Os pins acabaram se tornando boas memórias da minha temporada em Orlando, e ainda hoje os guardo com carinho.

Espero que tenham gostado deste post! Quem ai participa do pin trading?

Beijos.

16 Coment√°rios

  1. Nat√°lia M Gast√£o - Ziga da Zuca

    novembro 5, 2014 em 2:48 pm

    Nossa, que bacana!!!!
    Nem fazia ideia dessa prática! Voltei com taaaantos pins quando fui a primeira vez (com 13 anos) para a Disney! Poderia ter levado a minha coleção vintage para trocar no ano passado! Mas fica pra próxima!
    Adorei o post e o pin do Brasil!
    Beij√£o!

    Responder

    • Dani Polis

      dezembro 31, 2014 em 4:48 pm

      Devia mesmo! Tem gente que coleciona e compra, e muito caro!
      Joga no ebay pra você ter uma ideia de valores ahaha

      Beijo!

      Responder

  2. Carla Boechat

    junho 7, 2016 em 12:31 pm

    Hahahaa que curioso! Nunca ia imaginar isso.. Comecei o texto pensando “o que √© pin???”.
    Adorei, Dani!

    Responder

    • Daniele Polis

      junho 7, 2016 em 6:26 pm

      Para a gente brasileiro é meio bizarro mesmo. Eu mesma não sabia dessa cultura até cair numa loja só disso! ahaha
      Mas como muita gente se interessa pelos “broches de metal” achei legal compartilha.
      Que bom que gostou <3

      Responder

  3. Gabi Pizzato

    junho 7, 2016 em 1:58 pm

    N√£o fazia ideia que existia um lugar exclusivo para esta pr√°tica, mas sei da import√Ęncia de pins na cultura americana. Com certeza o mais legal √© a recorda√ß√£o que cada um traz. Bjs

    Responder

    • Daniele Polis

      junho 7, 2016 em 6:27 pm

      Pois é, eu aprendi na hora só. Achei que mal fosse ter movimento na loja, mas me enganei muito. E foi um jeito ótimo de aprender sobre essa cultura,né? Agora eu coleciono também. rs Beijo

      Responder

  4. Amanda Fernandes

    junho 7, 2016 em 2:45 pm

    Cacetada! Nunca iria imaginar que isto existia. Hehe. Adorei os Pins dos Castelos e da bandeira do Brasil. Eu acho que eu esconderia todos. Rs

    Responder

    • Daniele Polis

      junho 7, 2016 em 6:28 pm

      Eu confesso que tenho que esconder, porque senão o povo quer roubar mesmo ahaha O da Bandeira do Brasil tem fácil para vender, agora esse dos castelos são de edição limitada e bem antigos. Acho que são meus preferidos.

      Responder

  5. Gabi Moniz

    junho 7, 2016 em 10:44 pm

    Juro que n√£o sabia que isso existia hahaha
    A √ļnica Disney que conheci foi a de Paris e ningu√©m me deu um pin ūüôĀ
    Muito massa saber disso!

    Responder

    • Daniele Polis

      janeiro 26, 2017 em 5:35 pm

      A Disney de paris √© meio diferente mesmo, mas porque os franceses s√£o meio diferentes dos americanos!rs Vai ter que ir pra Orlando garantir os seus ūüôā

      Responder

  6. Poliana

    junho 8, 2016 em 11:43 am

    Quando eu fiz interc√Ęmbio, recebi a recomenda√ß√£o de levar muitos pins para trocar com outros intercambistas. Eu voltei com meu blazer de intercambista lotatinho de pins! Amava. E guardo com carinho at√© hoje pois como voc√™ disse: cada pin tem uma hist√≥ria.
    Obrigada por me trazer essa lembrança!

    Responder

    • Daniele Polis

      junho 14, 2016 em 10:51 pm

      Jura? Que legal!!!Depois mostra, quero muito ver. E sim, nossos pins são nossas histórias!Rs
      Beijo

      Responder

  7. Fernanda Scafi

    junho 9, 2016 em 6:25 pm

    hehehe ótima dica! Quero o meu pin de 1a visita qnd for pra Orlando! Pq só fui na Disney da Califórnia 20 anos atrás e nem sabia disso!

    Responder

    • Daniele Polis

      junho 14, 2016 em 10:48 pm

      Vai ter que ter um pin especial, Fer ‚ô•
      Eles acabam marcando a visita mesmo!rs
      Beijo

      Responder

  8. Fernanda Scafi

    junho 9, 2016 em 6:37 pm

    hehehe ótima dica! Boa recordação mesmo! Quando fui pra Disney na Califórnia acho que nem sabia disso, mas quando for pra de Orlando, vou querer como recordação!!!

    Responder

    • Daniele Polis

      janeiro 26, 2017 em 5:30 pm

      é uma ótima forma de recordação mesmo! Pensa, tenho os meus de 10 anos atrás :O

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *