página principal Dicas de Viagem Vacinação Contra Febre Amarela e Certificado Internacional

Vacinação Contra Febre Amarela e Certificado Internacional

L√° volto eu com dicas para viajantes!

Como ultimamente tem aparecido ótimas oportunidades de viajar para o Caribe e Estados Unidos via América Central, resolvi postar aqui uma dica importante para quem planeja pegar o avião para aqueles lados: vacina contra febre amarela.

Bem, a vacina é exigida quando uma pessoa viaja para diversos estados do Brasil (em especial região norte) e em alguns países do mundo (especialmente America Central). Em muitos outros ela é apenas recomendada. Se você planeja viajar ao exterior, além de tomar a vacina tem que solicitar a emissão de um certificado internacional, que comprova que você foi vacinado.

Como dependemos de √≥rg√£os p√ļblicos pra deixar tudo redondinho, por que n√£o correr atr√°s disso antes que voc√™ precise? S√£o s√≥ dois passos bem simples!

Primeiro Passo: tomar a vacina.
Ela é gratuita e tem efeito por 10 anos, ou seja, não vai precisar se preocupar com ela tão cedo.

A vacina pode ser tomada em rodovi√°rias, aeroportos e postos de sa√ļde das principais cidades do pa√≠s. Para isso s√≥ √© preciso levar a sua carteirinha de vacina√ß√£o, para que eles anotem ali que voc√™ tomou a vacina, os dados da dose e os dados do posto tamb√©m. A vacina tem que ser tomada 10 dias antes da viagem, pois √© o tempo que a vacina tem para fazer efeito (e o m√≠nimo exigido pelas autoridades!), ent√£o √© bom se programar e ter problemas com a viagem por conta de n√£o ter tomado a tempo.

Se voc√™ for de S√£o Paulo, o Centro de Vigil√Ęncia Epidemiol√≥gica(CVE) disponibilizou uma lista de todos os postos que est√£o habilitados a aplicar a vacina. Para conferir a lista √© s√≥ clicar aqui. Facilita a vida, n√©?

E um detalhe importante: se você tiver alguma vacina atrasada (como eu tinha!), eles vão te aplicar todas as vacinas no posto. Ou seja, você já sai de lá com a vida em dia.

Segundo Passo: tirar o certificado Internacional de Vacinação e Profilaxia.
Essa é a parte mais chatinha/burocrática.

No site do CVE tem uma parte espec√≠fica pra quem precisa tirar o certificado. O passo-a-passo √© bem explicativo, mas repassar tudo √© bem importante. Pra voc√™ tirar o certificado tem que estar tudo redondinho (e n√£o tem √≥rg√£o mais chato nessa vida que a ANVISA). No meu caso, na hora em que fui tomar a vacina, a auxiliar rasurou minha carteira de vacina√ß√£o, na data, e eu n√£o vi. Resultado: quando cheguei pra emitir o certificado simplesmente n√£o emitiram porque n√£o podiam emitir nada com rasura. Ou seja, viagem perdida. Outra coisa importante tamb√©m: o nome do posto tem que estar registrado na carteirinha. Pra isso pode ser um carimbo do posto ou o n√ļmero dele, que √© regulamentado junto ao √≥rg√£o.

Antes de ir ao posto, certifique-se que voc√™ tenha todos os documentos em m√£os. Se voc√™ fizer¬†o cadastro no site, isso te economiza alguns minutos (pra fazer o cadastro clique aqui e clique em “Novo Cadastro” no menu √† esquerda. Lembrando que s√≥ a primeira p√°gina √© necess√°ria), e agiliza seu atendimento, j√° que ele √© obrigat√≥rio e se voc√™ n√£o fizer em casa ter√° que fazer no posto de qualquer forma.

O passo-a-passo e a lista de postos podem ser conferidas aqui.

No aeroporto emitiram na hora a minha carteirinha, que é separada e está em português e inglês, e que eu assinei na hora. Agora ela fica junto ao passaporte, pra qualquer emergência.

‚ÄĘ Veja como tirar seu passaporte

Não deixe para quando você precisar viajar Рespecialmente porque com a Copa do Mundo, muitas pessoas do mundo inteiro estarão visitando nossas cidades, e o risco de doenças é bem maior. Santos, por exempl, vai receber a Costa Rica, um dos países que exige a vacina para a entrada por conta da incidência de casos da doença.

Espero ter ajudado quem precisa tirar esse documento =)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *